Mirtes
Eu vivia no mundo da ilusão
Acreditando que te amava
E que era amada
O tempo me mostrou o quanto
Eu estava errada
Com tudo que aconteceu
Vivi muito tempo
No mundo da desilusão
Ate que finalmente fechei a ferida
E retornei ao mundo real
Agora não posso mais acreditar
Em quimeras, em suposições
Em possibilidades que nem sei
Se são reais mesmo
Não posso deixar
Você retornar para minha vida
Não mais, esse tempo já passou
E se perdeu no vento, no tempo...

(Solbarreto)
Marcadores: | edit post
Reações: 
2 Responses
  1. SolBarreto Says:

    Ficou muito bom a imagem com o poema , gostei!


  2. A.S. Says:

    Mirtes...

    Belo o teu poema!
    A mesma água não passa duas vezes debaixo da mesma ponte!

    Beijos
    AL


Postar um comentário

Gostou do Blog? Deixe um comentário!