Mirtes

Não posso levar toda a culpa
A culpa é de nós dois
Se perdemos o que nos mantém unidos
Corações na noite
Que se tocam

Descobri a verdade da maneira mais cruel
Lágrimas vão cair
Vai haver tristeza
Somos ilhas à deriva
Vendo nossos sonhos se perderem
Se desvanescerem

Aquele momento se foi pra sempre
Como água escorrendo entre os dedos
Você pôs em movimento a roda da infelicidade
E a viu rodar
Viver é aprender

Estendo os meus braços
E saio de mãos vazias
O que foi que eu fiz?
Deixei-o sem ter pra onde ir?

Cynthia Rhode

Fonte Imagem: www.overmundo.com.br
Marcadores: | edit post
Reações: 
0 Responses

Postar um comentário

Gostou do Blog? Deixe um comentário!